Realidade virtual: entenda como funciona e como mudaram os testes das próteses de silicone

Você tem dúvidas de como ficará a sua prótese? Já realizou alguma consulta e ficou com aquela sensação de que o teste da prótese não foi suficiente? Saiba que isto é algo que tem ficado cada vez mais para trás, após a chegada da realidade virtual nos testes de cirurgia plástica.

Hoje explicamos como a realidade virtual 3D deixou a visualização das próteses de silicone muito mais precisas e como elas funcionam. Confira!

A chegada da realidade virtual

A forma mais comum para realizar teste da prótese de silicone, definir melhor o seu formato e tamanho é a prótese de silicone colocada por cima da roupa ou debaixo do sutiã, no entanto este tipo de teste, embora ainda seja bastante utilizado, ainda não é o melhor para simular o volume final das mamas após a inclusão das próteses.

Agora, os testes têm sido feitos com a realidade virtual, através de reconstruções de imagens em 3D que possibilitam visualizar de forma mais precisa qual prótese, formato e tamanho ficará ideal para cada paciente.

Essa inovação já é comum em vários países, incluindo a Suíça, um dos países que mais difundiu a técnica e revolucionou a maneira de suas pacientes realizarem suas consultas para colocar próteses de silicone.

Como funciona a realidade virtual 3D?

Segundo informações publicadas no jornal O Povo, a técnica é feita após fotografias dos seios e medidas da paciente e, através de um software específico, estas mesmas fotos e medidas se transformam em um modelo de prótese no computador do cirurgião plástico.

Feito estes procedimentos, a paciente coloca os óculos 3D e, ao colocá-los, se depara com a visualização de todo o seu corpo, onde é possível observar as diferenças entre as mamas e a melhor numeração da prótese, ou seja, é possível simular como ficarão as próteses de silicone que serão inseridas na cirurgia.

O software possibilita, ainda, que a paciente observe a prótese ideal, ao mesmo tempo em que dialoga com seu cirurgião plástico sobre o que gostou e o que a incomodou, podendo chegar em conjunto a uma definição real e mais precisa.

A importância da realidade virtual na cirurgia plástica

Sempre reforçamos a importância da tecnologia nas próteses de silicone e como são importantes estes avanços, afinal, por mais que seja uma cirurgia plástica de baixo risco, há a possibilidade de a paciente não gostar do resultado final e isso se tornar algo muito mais complicado de se mudar, posteriormente.

Por conta disso, especialistas da área de cirurgia plástica podem proporcionar a experiência 3D que, além da precisão, possibilita um diálogo mais próximo com a paciente, dando a ela mais segurança e confiabilidade sobre seu implante e os possíveis resultados.

A Motiva, sempre preocupada com o desenvolvimento da tecnologia na cirurgia plástica, vem desenvolvendo soluções em produção de imagens 3D que possibilitam a visualização precisa do volume pré-operatório das mamas através de avançados equipamentos que permitem tanto ao médico quanto à paciente avaliarem qual o melhor volume de prótese a ser escolhido para a cirurgia. Converse com seu cirurgião.

Nosso artigo foi interessante para você? Então, siga a Motiva nas redes sociais!

Fontes: O Povo / Exame

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *