4 tipos de chás que auxiliam a cicatrização

O período pós-operatório pode ser delicado para muitas pessoas que realizam cirurgias plásticas, isto porque cada paciente tem um organismo e se recupera em um tempo diferente, portanto sempre buscamos compartilhar alternativas práticas que possam auxiliar na cicatrização e no repouso.

E sabe o que pode ser um ótimo aliado na cicatrização? O chazinho! Devido às suas propriedades curativas e vitaminas que carregam, certos tipos de chás têm a capacidade de acelerar o fechamento de edemas, além de gerar uma sensação de bem-estar.

Confira 4 chás que auxiliam a cicatrização e que são super fáceis de encontrar em casas de ervas naturais ou supermercados:

1. Camomila

A camomila pode ser uma grande aliada para a cicatrização da cirurgia plástica devido às suas propriedades antibacterianas, além de acelerar em processos de edemas.
Tanto o chá, como a flor de camomila aplicada diretamente na pele pode acelerar o fechamento da cicatriz, dependerá da preferência da paciente em tomá-lo como chá – sendo indicada uma xícara ao dia- como preparar um banho com as flores.

2. Aloe Vera (Babosa)

É um poderoso antioxidante natural, além de propriedades antibacterianas, tem a capacidade de reidratar o tecido dérmico danificado por cortes, queimaduras e diversos tipos cicatrizes. A babosa não é um tipo de folha encontrada facilmente em supermercados, mas é possível de ser encontrada em qualquer casa de produtos naturais.

A indicação de consumo da babosa é uma xícara por dia.

3. Carobinha

Embora seja menos conhecida, a carobinha é um tipo de planta tipicamente brasileira – muito comum em estados como Minas Gerais, por exemplo, com propriedades cicatrizantes, auxilia em problemas cutâneos e feridas.

Ela pode ser encontrada em casas de ervas ou em farmácias de manipulação e a indicação de consumo é não ultrapassar duas xícaras ao dia.

4. Arruda

A arruda é uma planta conhecida como um poderoso cicatrizante, devido a sua alta capacidade anti-inflamatória, além de ter efeito sob os vasos sanguíneos.

Ela pode ser encontrada facilmente em casas de produtos naturais, no entanto a indicação é ingerir uma xicara por dia para não causar efeitos colaterais como dores abdominais.

Vale lembrar que a arruda não é um chá recomendado para mulheres grávidas, devido aos seus fortes efeitos colaterais, podendo provocar abortos.

É muito importante manter uma alimentação equilibrada no pós-operatório, com bastante proteínas e vitaminas, que auxiliam no processo de cicatrização. Também é muito importante ingerir bastante água para manter uma boa hidratação, o que ajuda na recuperação da cirurgia e auxilia a evitar a trombose venosa profunda.

Lembre-se de conversar com seu cirurgião sobre os alimentos que você poderá ou não ingerir no pós-operatório, inclusive os chás, para ter certeza de que você pode tomá-los sem riscos para a sua saúde. Também é fundamental conversar com seu cirurgião antes de aplicar qualquer chá na pele e nas regiões operadas pois, às vezes, pode não ser recomendado colocar as infusões de ervas em contato com as incisões ou as regiões próximas a elas.

Você não gosta de chás? Então, temos outra opção para você, reveja nosso artigo sobre as propriedades da água e da água de coco no período pós-operatório aqui.

Nosso artigo foi interessante para você? Então, siga a Motiva nas redes sociais!

Fontes: Dr. Marcus Hubaide/ Tua Saúde/ Chá Benefícios

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *