5 dicas para eliminar a flacidez depois da gravidez

A flacidez em mulheres grávidas pode aparecer devido ao afastamento dos músculos na região abdominal, além da grande distensão da pele das mamas e do abdome, provocando um excesso de pele que comumente aparece depois do parto.

Este excesso não é igual para todas as mulheres, podendo ser maior ou menor, de acordo com o ganho de peso, o hábito em realizar atividades físicas e a predisposição genética.

Mas é possível contar com diversas técnicas e hábitos que podem ser praticados no dia a dia para eliminar a flacidez depois da gestação. Selecionamos 5 deles, confira:

1. Tenha uma alimentação saudável

Embora seja uma dica muito compartilhada, ela é uma das mais eficazes para evitar e eliminar a flacidez, segundo nutricionistas.

Por isto, reforçamos que é importante manter uma alimentação saudável, sobretudo rica em proteínas e colágeno para fortalecer os tecidos, e vitaminas A, C e E para combater o envelhecimento precoce das células. Se você tem muitas dúvidas sobre sua alimentação, vale uma consulta com um nutricionista para lhe orientar sobre a melhor forma de você se alimentar para se manter saudável.

2. Exercite-se se divertindo

O sedentarismo é um dos piores inimigos da saúde e também favorece a flacidez, portanto procure uma forma de se exercitar, pelo menos três vezes por semana. Uma opção para não procrastinar a atividade física é buscar formas divertidas de se exercitar.

Praticar aulas de dança ou até mesmo uma caminhada no parque de 30 minutos com amigas pode ser mais divertido do que ir à academia, desde seja uma atividade praticada com frequência e regularidade.

Uma rotina de exercícios pode ser feita inclusive dentro do período de gravidez, adaptando-se a intensidade e o tipo de exercício às particularidades da mulher grávida. Porém, é fundamental conversar com seu obstetra antes de iniciar exercícios durante a gestação.

3. Faça sessões de drenagem Linfática

Estima-se que, por volta de 45 dias após o parto, o corpo da mulher passe por readaptações – que podem durar alguns meses – e, dentro deste período, é comum que certas partes do corpo como as mamas, a barriga, o bumbum e as coxas adquiram um aspecto flácido.

Uma medida para amenizar esse problema é realizar sessões de drenagem linfática, de uma a duas vezes por semana.

4. Aposte no freeze

Freeze é um equipamento que trabalha com radiofrequência multipolar, esquentando a pele e auxiliando na formação de colágeno. Ele tem a capacidade de deixar a pele mais firme nas regiões dos glúteos, coxas, braços e abdômen, além de auxiliar a reduzir a celulite.

Ele é uma opção interessante para eliminar flacidez depois da gravidez, devido à possibilidade de ser realizado durante a amamentação. Estima-se a necessidade de 8 a 10 sessões, com intervalos semanais para obter bons resultados.

5. Pense na cirurgia plástica

Outra forma eficaz de eliminar a flacidez é optar pela cirurgia plástica na região que mais ficou mais flácida depois da gestação. Cirurgias plásticas como mamoplastia, abdominoplastia e gluteoplastia são procedimentos comuns em mulheres que já tiveram filhos.

Para optar pela cirurgia plástica será preciso realizar uma avaliação médica e observar se a paciente não está mais no período de amamentação. É importante aguardar alguns meses após o término da amamentação para realizar uma cirurgia plástica, já que a amamentação implica em mudanças hormonais que modificam a estrutura da pele e da gordura do corpo.

Vale lembrar que os resultados da cirurgia plástica são ainda mais duradouros quando a mulher planeja a gravidez e depois realiza o procedimento, ou quando opta por realizar a cirurgia plástica após ter concluído a prole (terminado de ter filhos). Isso não quer dizer que a mulher seja proibida de engravidar após ter realizado uma cirurgia plástica nas mamas, abdome ou glúteos. Apenas significa que, em caso de nova gestação após a plástica, a chance de os resultados da cirurgia se perderem é bem maior, já que haverá nova modificação do corpo pela gravidez.

Siga a Motiva nas redes sociais e acompanhe as melhores dicas sobre cirurgia plástica!

Fontes: Minha Vida/ Vix/ Corpo a Corpo

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *