Contorno corporal: o que é e quando procurá-lo?

Flacidez e gordura em excesso são algumas das questões que mais causam incomodo, seja em homens ou em mulheres. E uma opção para quem não quer realizar diversos procedimentos cirúrgicos em momentos diferentes é optar pelo contorno corporal.

O contorno corporal, também conhecido como body lifting, é um procedimento cirúrgico que melhora o tônus dos tecidos que sustentam a pele, e consequentemente sua forma, removendo excessos de gordura que prejudicam a elasticidade.

Mas quando é possível realizar o contorno corporal? Será que este procedimento é interessante para qualquer pessoa? Leia a nossa postagem e tire todas as suas dúvidas!

Quando procurar o contorno corporal?

Para obter um resultado favorável, o contorno corporal deve ser procurado por pessoas que mantêm uma dieta saudável, praticam exercícios físicos regularmente e, ainda assim, não conseguem eliminar a flacidez e gordura em determinadas partes do corpo.

Exposição ao sol sem proteção, gravidez, o “efeito sanfona”, e fatores genéticos são alguns dos fatores que mais contribuem para a flacidez e gordura na região do abdômen, glúteos, coxas e nos músculos dos braços, sendo também as causas mais comuns na procura do body lifting.

O contorno corporal não é interessante para pessoas com uma vida sedentária e que gostariam de manter o peso apenas pela questão estética, pois o efeito pode funcionar por um certo tempo, mas o corpo pode voltar a ter os mesmos problemas indesejáveis.

Como e onde é feito o contorno corporal?

Antes da cirurgia, será importante passar em consulta com um cirurgião plástico para definir a extensão e localização das áreas a serem operadas.

Também será muito importante realizar exames pré-operatórios para assegurar que a paciente esteja apta a realizar o procedimento de contorno corporal, que pode variar entre uma cirurgia de médio e grande porte. Será necessário internação hospitalar e, possivelmente, a permanência no hospital por, pelo menos, uma noite. O contorno corporal – ou body lifting – é feito sob anestesia geral ou sedação intravenosa. Nos locais que ocorrerão as cirurgias plásticas serão feitas incisões para remover a gordura em excesso juntamente com a flacidez de pele na região em questão. Após a remoção do excesso dos tecidos, serão realizadas suturas para fechar as incisões, com o uso de drenos para aspirar o excesso de líquidos das áreas operadas, caso seja necessário.

O contorno corporal pode ser realizado:

– Nas nádegas;
– No abdômen;
– Na cintura;
– No quadril;
– Nas coxas.

É possível realizar uma ou mais cirurgias, de acordo com o biotipo e necessidade de cada paciente.

Benefícios e malefícios da cirurgia

Sem dúvida, o principal benefício do contorno corporal é que ele tem a possibilidade de melhorar, em uma única cirurgia, a insatisfação que as pacientes têm com determinadas partes do corpo, ao invés de realizar várias cirurgias plásticas – que além da necessidade de serem feitas entre intervalos, podem sair mais caras, pois cada procedimento tem um valor específico.

Entretanto, pode ser necessário mais de uma cirurgia em casos nos quais o body lifting possa resultar em procedimento muito extenso para ser realizado em tempo único, seja pelas condições de saúde da paciente, seja pelo número de horas e de anestesia necessários para realizar a cirurgia. O mais importante é a segurança da paciente, portanto, o cirurgião poderá indicar a realização de duas ou mais cirurgias em vez de uma só, caso ele detecte que um procedimento único poderá trazer mais riscos à saúde do que benefícios.

É importante lembrar que o body lifting deixa cicatrizes maiores do que uma lipoaspiração, assim, é importante a paciente discutir com o cirurgião se ela tiver muitas restrições a cicatrizes grandes em determinada área do corpo.

Caso tenha, o melhor é não realizar o body lifting nesta área, e sim, discutir procedimentos menores, como apenas lipoaspiração.

Os cuidados pós-operatórios também são muito importantes. Será necessário cuidar das incisões, que precisarão de curativos com troca regular nas primeiras semanas. Possivelmente, será necessário o uso de malhas compressivas em determinadas regiões operadas. Também será muito importante manter-se bem alimentada e muito bem hidratada no pós-operatório, a fim de acelerar a diminuição do inchaço e melhorar a cicatrização das áreas operadas.

Portanto, o ideal para quem deseja optar pelo body lifting é marcar uma consulta com o cirurgião plástico, realizar os exames pré-operatórios e só a partir dos resultados decidir se é possível optar pelo procedimento.

Siga a Motiva nas redes sociais e acompanhe as melhores notícias sobre cirurgia plástica!

Fontes: SBCP/ SBCP-SC

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *